Meus TOP´s 5 Produtos para os Cabelos

Oi gente, escrevi nesse post (aqui) sobre meus 5 produtos indispensáveis para cuidados com o rosto e prometi começar uma sequencia de preferidos aqui no blog.
Hoje eu quero falar sobre meus 5 produtos amados – queridinhos – não vivo sem, para cuidados com os cabelos.
Quem me acompanha sabe que eu vivo numa luta para ter o cabelo perfeito – ou pelo menos chegar próximo a isso – fios bem cuidados, nutridos, com balanço, maleabilidade, corpo, movimento e por ai vai.. deve ser algum trauma com os bad hair day na infância.
Aqui estão minhas 5 indicações de bons produtos, testados e aprovados diversas vezes por mim – e pelas minhas cobaias de teste – que valem a pena investir e usar sem medo de ser feliz. 
Quero deixar bem claro que não ganho nada para indicar qualquer produto aqui.
1 – Óleo de reconstrução CHI – Ótimo substituto para o Moroccanoil. Deixa o cabelo soltinho, brilhoso e nutrido. Melhora o aspectos daquelas pontas espigadas. Já estou no segundo frasco e amo de paixão.

2 – Shampoo Silver Loreal – Melhor shampoo desamarelador do mundo. Não tem outro melhor.

3 – Creme de hidratação Ameixa do Boticário – Melhorar máscara hidratante nacional. Ótimo custo x beneficio. Deixa o cabelo soltinho e maleável. Perfeito para cabelos secos. Sempre recomendo as clientes e elas adoram!

4 – Máscara de tratamento Absolut Repair Loreal – Minha segunda máscara preferida do mundo, Reconstrói cabelos extremamente danificados, também ajuda em cabelos ressecados. Mas em cabelos normais, que não precise de um creme mega poderoso ele pesa nos fios!

5 – Máscara de tratamento Repair Rescue Schwarzkopf – A minha máscara preferida da vida, não vivo sem. Simplesmente perfeita. Depois que fiquei loira ela não sai de perto de mim. O cabelo derrete… fica forte e disciplinado. Minha favorita. Ótima para ser usada logo após mechas ou químicas.

Quando eu penso nos melhores produtos que eu já usei e indico sem medo do feedback, eu penso nesses cinco produtinhos que nunca podem faltar na minha prateleira. 
Não classifiquei por categorias nem nada do tipo, esses realmente fizeram valer a pena cada Real investido e cumprem bem o que prometem. Fazem o verdadeiro milagre esperado nos fios.
Ha Irene só produto importado?…
Eu realmente queria ter mais produtos nacionais e de fácil acesso para indicar aqui. Na lista só entrou apenas 1 produto nascional. Não, eu não sou rycah. Acontece que, quando eu comecei a testar produtos e pesquisar suas fórmulas ( por causa do cronograma capilar ) eu percebi que são raras as empresas que mantém a integridade dos seus componentes químicos. 
Oi? Como assim?
Todo mundo sabe como Parabenos, Petrolatos e afins são nocivos para a saúde dos fios e só saturam o cabelo… E quase não se acha produtos no mercado popular sem essas substâncias! Isso tudo para baratear o custo final ao consumidor e dar um resultado satisfatório – e ilusório – de qualidade.
Felizmente quando comecei a entender essas substâncias, resolvi aboli-las definitivamente da minha rotina. Leio cada componente nos rótulos dos produtos e rejeito mesmo!
Nos produtos mais elaborados – leia-se mais caros – existe todo um estudo por trás da fórmula, uma preocupação com a qualidade da matéria prima usada e lógico o resultado do verdadeiro tratamento.

Como eu disse antes, cada produto que entrou na lista foram testados em diversos graus de danos e em todos eles obtiveram resultados satisfatórios.

Espero que gostem! Beijos.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Recuperando cabelo elástico após descoloração

Nesses últimos tempos quem me acompanha nas redes sociais viu que eu descolori bastante meu cabelo. Sai do ombré hair dourado para o loiro perolado. Foram descoloridos 90% dos fios, tudo muito lindo.. até que veio o pós descoloração. Rá!
Na hora que foi feito o procedimento eu senti que o cabelo ficou levemente fragilizado, mas até então nada desesperador. Não escovei e deixei secar naturalmente pois no dia seguinte eu pretendia fazer uma reconstrução poderosa. Até ai tudo bem.
O problema começou no banho quando notei meu cabelo super elástico, parecia uma massa literalmente falando. Depois foi a queda, o cabelo começou a quebrar drasticamente, eu enlouqueci! Passei três máscaras seguidas e para pentear foi um sacrifício. Caiu muito, foi uma cena de terror. 
Como minha raiz é oleosa virou um drama porque preciso lavar os cabelos dia sim – dia não o que fragiliza ainda mais as pontas. Em cada lavagem tentei usar as máscaras mais potentes que eu tenho por aqui, mas não fazia o milagre de pelo menos acabar com o efeito chiclete.
Arrumando a bagunça da minha pia, achei várias coisinhas esquecidas mas que são ótimas para batizar máscaras e lembrei de algumas receitinhas que vi no grupo Cronograma Capilar  no Facebook. Então, por que não tentar? Pior não fica!

Dei uma de alquimista e fiz a seguinte mistura.
– 4 colheres de máscara reconstrutora ( usei da Amend ).
– 1 tampinha de Bepantol liquido.  
– 1 colher de sopa de mel puro.
– 1 colher de chá de óleo vegetal de abacate.
– 1 colher de chá de queratina liquida.
– cerca de 8 gotinhas de vitamina E.
Misturei tudo e passei nos cabelos SECOS prestando bastante atenção em não deixar nenhuma parte sem o creme. Deixei por 10 min e entrei no banho, lavei com o shampoo Mythic Oil 2x e passei outra máscara reconstrutora, nesse caso usei a Sebastian Penetraitt. 
Já sai do banho sentindo o cabelo menos poroso e sem elasticidade. Esperei secar bastante antes de pentear ( quando o cabelo está fragilizado e elástico ele fica mais sensível ao pentear e acaba quebrando, o indicado e deixar secar uns 70% para começar a pentear delicadamente ), usei de lave in o óleo reconstrutor CHI.
Gente, o cabelo era outro. O que eu não consegui com as reconstruções mais famosas eu consegui com esse ritual simples. 
Acho que usar a máscara batizada com a receitinha acima foi o grande coringa da questão. Os fios foram para lavagem já preparados para receber o shampoo e mais uma ótima reconstrução. 
O resultado foi imediato, os fios bem mais fortes e depois de secos ficaram macios e brilhantes. O elasticidade diminuiu em 80%.
Se você está com os fios elásticos e não sabe o que fazer, tente batizar sua própria máscara. Use o que você tem disponível e potencialize o efeito do seu creme.  Nessa receitinha você pode substituir o óleo de abacate por óleo de coco ou azeite extra virgem. O Bepantol liquido pode ser na versão em creme também… O importante é usar o bom senso e não saturar a máscara.

Como eu mencionei acho que o diferencial foi ter passado a mistura nos cabelos secos antes de lava-los.

Cabelos danificados por colorações são extremamente difíceis de recuperar e requer muito cuidado e dedicação. Mas tudo isso vale a pena antes de recorrer ao corte.

Beijos!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Como fazer uma Reconstrução Ácida nos cabelos

Para quem gosta de cuidar sempre dos cabelos e principalmente para quem usa muita química é necessário muita reconstrução para a saúde dos fios e antes de reconstruir você deve primeiro hidratar, não se esqueça desse detalhe. A Reconstrução Ácida reduz o pH dos fios selando as cutículas deixando-os protegidos.

O pH (potencial de hidrogênio) é fundamental para saber se um cabelo está ou não saudável, ele precisa estar próximo do pH natural que é entre 4,5 e 5,5; esse valor quer dizer que o fio de cabelo está saudável. Existem diversos fatores, principalmente na rotina da mulher, que alteram o pH dos cabelos tornando-os opacos, secos, extremamente danificados e sensibilizados. Os principais fatores são o sol, água do mar, poluição, secadores sem protetor térmico nos cabelos, escovas, prendedores, químicas em geral, estresse, desequilíbrio hormonal, dentre outros.

pH Alcalino – Abre as cutículas do cabelo.
pH Ácido – Fecha as cutículas do cabelo. 
Depois dessa breve explicação sobre pH, o importante é equilibra-lo deixando-os saudáveis. Para isso vamos aprender a fazer uma reconstrução ácida.

Para fazer a Reconstrução ácida você vai precisar de: 

– Shampoo de preferência transparente ou neutro
– Condicionador 
– Meia garrafa de vinagre de maçã
– Máscara reconstrutora 
– Máscara hidratante 
– Leave-in ou creme sem enxágüe, o leave-in é bom por não deixar o cabelo pesado e gorduroso como alguns cremes para pentear deixam.

Primeiro passo: Lavar os cabelos duas vezes com shampoo para limpar bem os fios.

Seguidamente misture meia xícara de vinagre de maçã em quatro xícaras de água, não utilize toda a mistura, reserve pelo menos uns 40% dessa mistura para realizar o ultimo passo. 

Aplique em toda a extensão dos fios, da raiz às pontas, sempre massageando bem. Deixe agindo por cinco minutos e depois enxágüe.

Segundo passo: Agora você deve passar nos cabelos uma máscara reconstrutora de sua preferência e deixar agir por mais dez minutinhos e depois pode enxaguar.

Terceiro passo: Nessa etapa você vai aplicar nos cabelos a sua máscara hidratante deixando agir por dez minutos também e enxaguando em seguida.

Quarto passo: Aplique o condicionador nos cabelos, enxágue muito bem retirando todo o produto, depois você vai aplicar um pouco da água com vinagre que você reservou no primeiro passo e deixe no cabelo.

Quinto passo: Distribua bem o leave-in ou o creme de pentear nos cabelos e deixe o cabelo secar naturalmente, nada de usar secador!

O processo da Reconstrução Ácida pode ser feito a cada quinze dias especialmente para cabelos muito danificados que passaram por diversos processos químicos.

Beijos!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Como lidar com a queda de cabelo

A queda de cabelo é um fenômeno comum que muitas mulheres enfrentam ao longo da vida e claro é desesperador. Afinal ninguém gosta de ver os cabelos caindo aos tufos. 

Desde pequena vejo a minha mãe lutar com esse problema, a queda excessiva sempre foi um drama pra ela. Por isso selecionei algumas atitudes que julgo serem importantíssimas a serem tomadas por quem também esta passando pela situação e não sabe por onde começar o tratamento e identificar a causa.



Certifique-se que a dieta não é responsável por seu cabelo fraco. Certifique-se de que esta ingerindo proteína suficiente para o seu corpo, pois ela é responsável pelo desenvolvimento, manutenção e força dos cabelos. Além disso, certifique-se de tomar vitamina B, que irá ajudar o seu cabelo a crescer muito, sem quebrar e mantê-los saudáveis. Também vale ressaltar que o excesso de vitaminas também refletem negativamente não só nos cabelos, como na pele e nas unhas.

Se depois de ajustar sua dieta o problema persistir, o próximo passo é fazer um check-up. Existe a possibilidade da fraqueza de seu cabelo ser devido a algum outro mal funcionamento do seu corpo. Como por exemplo a tireoide. Procure um médico.

Estresse. Sim, pode parecer excessivo, mas o estresse desempenha um papel na saúde de nosso cabelo e de todo o resto do corpo. Relaxe pelo menos 10 minutos durante o dia, procure uma atividade física para desocupar a mente. 

Evite pentear o cabelo molhado muitas vezes. O cabelo torna-se mais frágil quando molhado. Você provavelmente já percebeu que nos salões de beleza os profissionais penteiam com os movimentos suaves e poucos. A escova correta para o seu tipo de cabelo é fundamental para um bom penteado.

Tenha em mente que rabos de cavalo muito apertados e outros apertos que precisam de produtos de styling não são os melhores para o seu cabelo. Evite-os enquanto tiver com excesso de queda. 


Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Fazer ou não fazer escova progressiva nos cabelos?

Você esta insatisfeita com o volume do seu cabelo, a definição dos cachos, sem forma ou indisciplinados ai vem aquela amiga do cabelo liso pastel e sugere:

 – Faz uma progressiva boba!

Ai a cabeleireira diz: Faço valor promocional no seu cabelo!

E assim se inicia uma saga sem fim em busca do liso perfeito e dos danos minimizados. 

Fazer ou não fazer? eis a questão…

O post de hoje trás informações sobre as principais dúvidas sobre o mundo das progressivas para pessoas que pretendem fazer o procedimento.

A escova progressiva economiza mesmo tempo em frente ao espelho? 
O principal objetivo do tratamento é alisar os fios e reduzir o volume. Além disso, ela oferece uma praticidade mais duradoura do que outros tratamentos com a mesma finalidade. O método chega a durar até quatro meses nos fios. Depois desse tempo, o cabelo já cresceu o suficiente para o volume da raiz começar a incomodar novamente. Ao realizarem a progressiva, as mulheres, que antes gastavam muito tempo arrumando o cabelo, só precisam de alguns minutos para finalização. Um pouco de ar quente do secador já ajuda a moldar o cabelo pós-progressiva. 

O procedimento é indicado para qualquer tipo de cabelo? 
Não. Ela é indicada para cabelos crespos e volumosos, mas é desaconselhável para cabelos afro, que tem fios porosos. O que costuma acontecer é que, geralmente, o cabelo crespo (bem espiral) tem um número menor de cutículas (escamas) e o produto acaba fixando menos. Quando o procedimento de selagem é feito nesse cabelo afro, os fios ficam mais grossos. Além disso, o procedimento é vetado para as crianças. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbe a aplicação de produtos químicos em crianças. Mas, mesmo assim, alguns profissionais aceitam fazer progressiva em crianças, apesar de saberem o risco do procedimento e as mudanças pelas quais a estrutura capilar de uma criança passa. 

Cabelos danificados podem fazer progressiva? 
O mais importante é fazer uma análise dos fios com um profissional especializado. Se os fios estiverem fragilizados e quebradiços, é importante recuperá-los antes de agredi-los novamente com mais química. O procedimento mais aconselhável é a hidratação. Nesse caso, as cauterizações devem ser evitadas, pois geralmente elas têm um creme reestruturador muito forte que acaba deixando o fio selado e brilhante, mas não hidratado.

As mulheres que já têm algum tipo de química no cabelo podem fazer a progressiva? 
Depende. Nos cabelos tingidos ou com mechas, pode-se fazer a progressiva. Dependendo do caso a tintura e a progressiva podem ser realizadas no mesmo dia, mas tem que ter o aval de um profissional qualificado. Além disso, os cabelos que passaram por um procedimento recente de relaxamento, devem esperar uma semana, no mínimo, até o cabelo estar preparado para um novo procedimento capilar. 

Cabelos sem química não se beneficiam tanto quanto os tingidos da progressiva? 
É verdade. O cabelo “virgem” não tem um bom resultado com a progressiva. Geralmente, os cabelos sem química têm fibras de queratina em perfeito estado, sem fissuras ou aberturas. Então, o produto da progressiva tem uma maior dificuldade de penetrar no fio e fazer efeito.Para atingir o resultado esperado, alguns profissionais realizam algum procedimento químico, como uma tintura ou um relaxamento, antes de fazer a escova progressiva.

A Anvisa recebe várias denúncias a respeito de salões que utilizam formol. Qual o limite permitido? Quais os riscos do formol? 
O limite máximo permitido nas fórmulas dos produtos é de 0,2 %. O formol pode acelerar a queda de cabelo, causar coceiras, descamação do couro cabeludo e problemas respiratórios. Sem contar a estrutura do cabelo, que sofre muito mais danos, com os fios ficando sem flexibilidade e se partindo. Quando isso acontece, o aspecto é de muito fios mais curtos em torno da cabeça, ao lado das têmporas, como se fossem fios novos, mas que são, na verdade, o cabelo que foi danificado pelo excesso de química. 

Como saber se o produto usado tem formol além do permitido em sua composição? 
O cheiro forte e peculiar do formol é a melhor maneira de saber. Outra forma é pedir para verificar a embalagem e se estiver escrito “Formaldeído” ou “Poliformol” e variantes quer dizer que existe a presença desse hipermeabilizante. As indústrias químicas tentam de todo jeito alterar o nome dele nas embalagens para ficar mais difícil de entender e localizar o elemento, mas com um pouco de atenção é possível constatar a presença de formol. Fiscalize o rótulo e verifique as quantidades de formol , que deve ser de 0,2% na composição. 

O formol tem substitutos mais “amigáveis”? Eles prejudicam o cabelo de alguma forma?
 Existem dois substitutos para o formol: o Tioglicolato de Amônio e a Etalonamina que é uma “prima” da amônia só que mais potente. Ambos não prejudicam o cabelo como o formol. O cabelo é regido por um pH, quando ele está ácido as escamas ficam fechadas e quando ele está alcalino as escamas ficam abertas. No procedimento da progressiva, um xampu de limpeza profunda é utilizado para abrir as escamas capilares, retirar os sais minerais e deixar o formol atuar, quebrando as cadeias e fibras internas dos fios e diminuindo o volume do cabelo. No entanto, as duas substâncias substitutas do formol não danificam o cabelo e não retiram moléculas da medula do fio. Elas apenas confundem as cadeias e fibras internas fazendo com que o cabelo perca a identidade e assim, podendo ser moldado com aspecto liso ou cacheado. 

Se realizada da maneira correta, a progressiva hidrata e dá brilho aos fios? 
Não, esta não é a finalidade do procedimento. Alguns fabricantes desenvolveram fórmulas que reúnem alisantes mais um creme reconstrutor. O processo em que o creme alisante é misturado com um poderoso hidratante, geralmente a queratina, é o de selagem. Estes produtos dão a impressão que o cabelo está hidratado por causa do brilho que deixam nos fios. Mas brilho não é sinal de cabelo hidratado.

Quem tem algum tipo de alongamento pode fazer a progressiva? 
Para quem já tem um alongamento, como o megahair, a progressiva não é recomendada, pois não daria para escovar o cabelo e essa é uma das etapas do processo. Para quem ainda não alongou as madeixas, e quer adotar os dois procedimentos, o mais recomendado é fazer primeiro a progressiva e depois o alongamento. 

Fica bom alisar apenas uma parte do cabelo, como a franja? 
Funciona. Mas é importante separar muito bem as mechas em que se deseja fazer a progressiva, a franja do restante do cabelo. O mais comum é fazer a progressiva somente na raiz e no comprimento do cabelo. Nas pontas, os profissionais não deveriam passar o produto, porque elas ressecam demais com o processo. 

Como fazer para o resultado da progressiva ficar mais natural e não tão escorrido? Não tem como regular a intensidade da progressiva, porque a progressiva não funciona como os alisamentos tradicionais que possuem diferentes forças. Até 2001, quem queria alisar recorria aos alisamentos ou relaxamentos, sendo que os alisamentos são indicados em diferentes níveis, dependendo da estrutura do cabelo. Com o surgimento da progressiva, as mulheres ficaram ávidas atrás do cabelo ultraliso, mas esse liso natural, com balanço e pontinhas modeladas, não é o resultado alcançado com a progressiva. 

Existem no mercado diversas opções de escova progressiva: de flores, mel, chocolate, leite, marroquina… Qual a principal diferença entre elas? O cheiro. Na verdade, o percentual de alisante também pode mudar. Entretanto, a principal diferença entre eles é o cheiro mesmo e, em geral, quanto mais forte for a fragrância, é sinal de que o alisante também é. 

O teste de mecha deve ser realizado antes de realizar a escova? Sim. Cada caso é um caso. Não é todo cabelo que se pode fazer a escova progressiva. Por isso, é fundamental um teste de mecha para verificar a resistência do cabelo àquele produto químico. 

Quais os cuidados para fazer a progressiva durar mais? Os cuidados básicos envolvem evitar prender ou colocar grampos logo após fazer a progressiva, pois o cabelo ainda está muito sensível e não torcer o cabelo para não ficar marcado. Além disso, é muito importante realizar hidratações no salão para recuperar os fios depois do procedimento químico. Dependendo do fabricante do produto, é preciso ficar um, dois ou três dias sem lavar os fios. Também têm aquelas que exigem que fique três dias antes e três dias depois sem lavar para que o produto tenha uma ação melhor. Tudo isso deve ser orientado pelo profissional que vai realizar o procedimento. 

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Turbine sua hidratação capilar em casa

Você já deve ter lido sobre batizar a máscara de hidratação antes de passar nos fios né? Mas você sabe dar aquela turbinada master no seu creme para potencializar seus resultados?
Quando eu sinto que o meu cabelo está ressecado devido a praia, piscina ou químicas e precisando de uma boa hidratada, eu opto por receitinhas caseiras mesmo que devolvem a sedosidade do fios, então se você esta procurando algumas dicas esse é o post certo!

Ampolas
Misture ampolas seu creme. No mercado existem infinitas ampolas de vitaminas para ajudar na recuperação dos fios e muitas marcas famosas também apostam nessa ideia. Escolha uma especifica para sua necessidade. O Bepantol na versão liquida também é muito famoso por batizar muito bem as hidratações e ser super baratinho na farmácia.
Shampoo
Não adianta passar o melhor creme de hidratação se os fios não estão preparados para recebe-lo. A escolha do shampoo é tão importante quanto a do creme, pois ele que vai abrir as cutículas do cabelo para receber o tratamento. Imagine eu com o cabelo oleoso, usar um shampoo hidratante e em seguida passar a máscara. Efeito? Nenhum, somente peso e excesso de oleosidade nos fios.
Excesso de água
Antes de aplicar a máscara, tire bem o excesso de água nos fios, pois ela dilui o creme e diminui sua eficacia, além de oxidar alguns nutrientes.
Aqueça
Use toucas para aquecer o creme e ajuda-lo a penetrar na estrutura dos fios. Passa-lo e somente esperar retarda muito o processo.
Tempo
Tem gente que acredita que quanto mais tempo o produto nos cabelos, melhor será o efeito. Tudo mito minha gente! Se o fabricante diz ” pausa de 5 min” não adianta deixar 30min. No máximo você vai conseguir somente enfraquecer os fios – e perder um tempinho – eu costumo deixar um tempo maior somente quando uso óleos minerais na umectação. 
Água fria
Já disse aqui que essa é a parte mais difícil pra mim. Água fria ninguém merece né? Mas é ela que fecha a cutícula dos fios e proporciona brilho e maleabilidade. Se você é como eu, use água em temperatura ambiente. 
Resíduos
Esse assunto já foi dito muitas vezes aqui no blog mas tem que ser repetido para quem não viu. Não se deve deixar resíduo nenhum de condicionares ou cremes de hidratação nos cabelos. Eles não foram feito para ficar nos fios!! Pra isso existem os leave in!! Certifique-se que o cabelo esteja completamente limpo antes de sair do banho.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

2

Os hábitos que destroem nossos cabelos

Ontem eu falei aqui, sobre o efeito pós progressiva nos cabelos, contei um pouco do que eu descobri depois de anos lutando contra essa “duas caras”
Hoje eu quero completar a história falando sobre alguns dos erros que prejudicam e muito a saúde dos fios e garantir que estamos cuidando da forma que se deve da juba.
Você comete alguns desses pecados?

Deixar resíduos de condicionador ou máscaras nos cabelos
Gente, eu não acredito que ainda tem meninas que faz isso! O acúmulo de qualquer produto que não seja próprio para deixar nos fios impede o selamento da cutícula e impede qualquer tratamento de agir. Ainda provoca a quebra dos fios. É a treva. Durante a lavagem, certifique-se que todo o condicionador – ou qualquer outro produto – tenha saído completamente do cabelo.  
Usar cremes de tratamento na praia
A história que passar máscara ou condicionador na praia protege os fios é um mito daqueles bem farjutos. Nenhum produto sem FPS protege dos raios solares e suas consequências diretas.  Colocar cremes nos cabelos durante a exposição solar, só vai danificar – e muito – os fios, pois o creme vai oxidar e queima -lo. Consequentemente enfraquecer os cabelos. Deve-se sim proteger os cabelos com produtos que formam uma película contra os raios solares, mas esses produtos são específicos para este fim.  
Prender os fios molhados
Esse é o principal erro que eu vejo as meninas cometerem. Não se deve prender o cabelo molhado gente, porque deixar o couro cabeludo úmido por muito tempo é criar um ambiente conveniente para o aparecimento de fungos entre outros problemas – tipo caspa e queda – além de marcar o cabelo. 
Usar chapinha com os cabelos molhados
Além de ser extremamente perigoso – muitas meninas MORRERAM ao fazer isso – não é brincadeira não! Passar a chapinha com o cabelo molhado é o mesmo que fritar os fios literalmente e dá pra ver o dano na mesma hora. O cabelo deve estar completamente seco, nem úmido deve ser. 
Ficar mais de três meses sem cortar o cabelo
Essa é uma opinião que se divide entre as cabeças femininas, mas deixar os fios com mais de três sem ao menos um pequeno corte, não ajuda o cabelo a crescer não, ao contrario, as pontas começam a quebrar. Eu sei que tem cabeleireira surda que nunca escuta o “somente as pontinhas”.  
Escovas maleáveis demais ou pentes finos demais
A escova influencia e muito na saúde dos cabelos, o uso dela pode quebrar terrivelmente o cabelo. Isso parece bobagem mas conheço um monte de gente que usa pentes horríveis para desembaraçar os fios.

Passar condicionador na raiz
Além do condicionador aumentar o nível de oleosidade na raiz, ele tapa os poros do couro cabeludo. A caspa também é uma consequência desse erro já que aumenta a umidade nos cabelos.

Então minha gente, vamos prestar mais atenção em como tratamos os nossos cabelos ok? Todo cuidado é pouco para quem está em busca de um cabelo bonito e bem cuidado!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Como cuidar dos efeitos colaterais da escova progressiva

Quem faz escova progressiva sabe do que eu estou falando com esse titulo de post… os terríveis efeitos pós química.  
Pontas espigadas, a raiz oleosa, cabelo sem movimento, descamação do couro cabeludo entre outras coisas que nos assombram! haaaaaaaa ( gritos de desespero ).

Eu faço a escova progressiva a cada 3 ou 4 meses, e a cada 30 dias somente na parte da franja. Meu cabelo passou de ondulado / ressecado para misto. Extremamente oleoso na raiz e bem ressecado nas pontas. 
Não foi somente a progressiva que atingiu tanto minhas pontas, os resíduos de antigas colorações e descolorações  também ajudaram nesse aspecto. 
Eu também não entendia que não se deve retocar a progressiva em toda a extensão do fio, pois o acúmulo do produto  danifica infinitamente o cabelo, deve-se retocar PENAS a raiz crescida, sem levar produto para o comprimento. 
Então eu adotei algumas práticas para amenizar esse efeito rebote da progressiva.

Problema: Raiz extremamente oleosa.
Solução: Não lavar o cabelo com água quente. Essa eu custei a adotar, já que não abro mão da água quente no chuveiro. Mas a  temperatura elevada da água estimula as glândulas sebáceas a produzirem ainda mais oleosidade. Nunca abrir mão do shampoo especifico para cabelos oleosos, os transparentes ajudam na limpeza.
Problema: Pontas secas
Solução: As pontas sofrem com os tratamentos químicos, a escova progressiva altera a disposição de queratina nos fios o que as deixa ressecadas e quebradiças, logo as pontas precisam de muita hidratação e reconstrução para se regenerar. Passe cremes nelas! Mas somente no comprimento, evitando a raiz. Condicionadores, cremes de tratamento e óleos finalizadores devem ser usados com frequência e ajuda muito o aspecto seco e chapado. 
Problema: Descamação no couro cabeludo
Solução: É comum ficar com descamação no couro cabeludo após a progressiva. Mas esse problema é regressivo, pois essa descamação é o produto que em contato com o couro, fica sólido e logo se desprende. Não fica nada bonito, mas o uso de um tônico capilar ajuda a amenizar esse processo e a própria retirada com um pente fino também acelera esse desconforto.
Problema: Cabelo chapado
Solução: Essa é a situação que eu mais odeio, o efeito chapado do cabelo após a progressiva. O cabelo fica sem movimento nenhum, duro e sem brilho. Isso acontece por que a progressiva fica nos fios – lógico – e o acumulo do produto deixa o fio rígido, já que o proposito é alisar os cachos. Logo nos primeiros dias após a química isso fica bem evidente e engana-se quem evita lavar o cabelo para a progressiva não sair rápido. Eu encontrei duas solução, a primeira é aplicar um produto que só tire o volume mas que não alise totalmente o fio, assim por ser menos agressivo não vai pensar tanto no cabelo. A segunda é lavar os cabelos todos os dias, usar produtos emolientes para repor a água dos fios e modela-lo com o secador ou chapinha. Isso ajuda a melhorar e muito o aspecto pesado e sem vida.
Problema: O cabelo não fica totalmente liso
Solução: Como eu disse no problema anterior, é preferível que o cabelo fique com volume e movimento que ficar chapado. Se seu cabelo não alisa completamente significa que o produto usado não modificou profundamente a estrutura do seu cabelo, ou seja, não foi tão agressivo. Eu sugiro o uso de secador para modelar os fios que usar uma química mais agressiva. 
ou…
O profissional que aplicou a química não aplicou com a técnica correta, seja o tempo de duração do produto no cabelo, seja o modo como a secagem foi feita, até a temperatura da chapinha. 
Quem é adepta aos alisamentos com químicas / escovas progressivas me contem o que acharam!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

4

Produto da semana: Pré Shampoo Purificante Argiloterapia Nativa Spa O Boticário

Hoje é sexta e dia de falar do produto eleito o melhor usado na semana!

Desde que li sobre o Cronograma Capilar venho tentado seguir direitinho a rotina para tratamento dos cabelos e me interessado mais pelos ( composições químicas ) rótulos de tudo o que tenho usado – inclusive me desfiz de vários produtos com petrolátos e parafinas malignas para o cabelo desde que entendi como eles mascaravam o verdadeiro aspecto dos fios – como eu tenho um cabelo misto, raiz oleosa e pontas ressecadas, quase sempre sofro com caspa e irritação no couro cabeludo. 
Depois que li varias resenhas positivas sobre o Pré Shampoo Purificante do Boticário, desejei imediatamente todo esse ´frescor e limpeza´ prometido por esse produto e fui lá comprar o meu!
Somente considerações positivas!

O Pré Shampoo como já diz o nome deve ser usado antes do shampoo normal do dia a dia, ele tem  uma consistência em gel e microesfoliantes – como todo esfoliante – que limpam profundamente o couro cabeludo. Deve ser usado com os cabelos úmidos massageando suavemente a raiz e deixando agir por alguns minutos. Eu não achei uma esfoliação agressiva, nem fica resíduos de nada nos cabelos. O cheiro é sutil e fresco ( aii delicia ) e espuma muito bem sem uso de muito produto.
Após a pausa deve-se seguir com o uso do shampoo tradicional normalmente.
Gente, eu amei esse negócio. Ele refresca a cabeça, fica geladinho, faz aquela de limpeza mesmo. Quem tem a raiz oleosa sabe bem como essa sensação é a sétima maravilha do mundo
Como um shampoo mais concentrado, ele tende a deixar os fios mais ásperos. Como eu não passo cremes ( condicionador, mascaras, finalizadores ) na raiz, ficou cheinha e com volume o que pra mim foi ótimo porque tira aquele aspecto de ´oileosa´.   
Lembrando que como todo o esfoliante, deve ser usando com moderação, de 1x a 2x por semana.
Eu amei o durante ( refrescância ) e o depois ( volume e raiz limpinha ).
Produto super aprovado e recomendado. In Love.
Preço sugerido: R$ 15,99 com 180 ml.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Como fazer uma hidratação perfeita em casa

Tags:

Você nota alguma diferença entre a hidratação do salão e que você faz em casa? 

Pois é, saiba que pequenos detalhes podem mudar e turbinar a hidratação que fazemos no chuveiro.Afinal, acabamos investindo em bons cremes que as vezes não sabemos por que não fica tão milagroso nos nossos cabelos como deveria ser.
Hidratar os cabelos em casa economiza tempo e dinheiro. Quem não gosta? Como eu não tenho muito tempo para ficar no salão, semanalmente eu invisto em bons cremes e faço meu ritual de beleza no conforto do meu banheiro. 
Dica numero 1: Não adianta passar um creme carérrimo se você não prepara bem os fios para recebe-lo. O cabelo deve ser lavado tanto quanto necessário até estar bem limpo ( sem oleosidade ou resíduo de produtos ) para que o creme consiga penetrar na sua estrutura capilar. 
Dica numero 2: Não aplique o creme de hidratação nos cabelos com excesso de água. Ela dilui o creme, dificultando sua ação. O ideal é que o cabelo esteja úmido antes da aplicação.
Dica numero 3: Aquele movimento de “puxa – puxa” com as mechas não é atoa. Isso serve para ajudar a penetração do creme nos fios. Quem tem o cabelo crespo pode aproveitar esse momento para desembaraçar os incômodos nós. Aqui está o segredo de uma boa hidratação.
Dica numero 4: Deixar o produto mais tempo que o recomendado não traz beneficio nenhum aos fios. Ao contrário, deixar o cabelo muito tempo com o produto pode quebra-lo. 
Dica numero 5: Eu sei que essa é a pior parte, mas os cabelos devem ser lavados em água fria. Isso fecha a escama dos fios e sela o produto. A água quente deixará que as escamas permaneçam abertas ressecando o cabelo. 
Dica numero 6: Eu não sei como existe pessoas que acham que se deixar um pouco de creme no cabelo ajudará no resultado… Fala sério! Deve-se retirar TODO o produto dos fios. Ao contrário, o cabelo ficará pesado e extremamente oleoso. Com aparência de sujo. Eca.
Então, vamos um HOME SPA hoje?

Compartilhe

Postado por:

Comentários

3
1 2