Testei: Máscara Morte Súbita – Além das Expectativas

Meninas, babado para quem busca ou precisa de uma boa máscara hidratante.

Testei a máscara Morte Súbita lá no salão e o resultado é surpreendente!

Ele agiu muito bem em cabelos extremamente secos e volumosos. Isso mesmo… grande maioria cabelos cacheados que não querem ou não podem depender de escova progressiva.

Sabe aquele momento em que a água toca o chão bem quente e imediatamente é absorvida e vira vapor? Tipo instantaneamente?! É a mesma coisa no momento do enluvamento.

mascara-morte-subita-450g-dream-cream-450g-lola-cosmetics-18870-MLB20162049419_092014-F

Eu faço assim:

Lavo os cabelos com shampoo neutro até sentir os fios rangerem.

Com a ajuda de uma espátula, retiro a máscara na quantidade de uma moeda de 1 Real, esfrego na outra palma ( essa etapa é útil para espalhar o creme na mão e evitar desperdício de produto. ) e começo a enluvar mechas médias no cabelo evitando a raiz.

Enluvo bem até ter certeza que o produto penetrou  nos fios e já começar a senti sua emoliência.

> Neste momento no primeiro contato que tive com a máscara percebi que ela é bem consistente e cheirosa! Rende bem. Dá para sentir a transformação do cabelo nas mãos. Fica muito macio, preenchido e desembaraçado. Super cheiroso. 

Pause de 10 minutos com touca plástica.

Enxáguo até tirar completamente, não pode ficar resquícios.

> Em cabelos bastante ressecados eu gosto de garantir e usar condicionador hidratante. Em cabelos oleosos eu dispenso essa etapa.

Retiro bem o excesso de água com a ajuda de uma toalha.

Protetor térmico para evitar que os fios se queimem.

Sigo a escova modelando o cabelo.

– Na correria, acabei esquecendo de fotografar o antes e depois do tratamento com essa máscara, mas fiquem ligadas no Instagram @aphroditesalao que logo mais posto um resultado pra vocês conferirem. –

IMG_6186

É surpreendente como uma máscara que parece ser tão simples e popular fosse ser tão poderosa. Eu achava que a Morte Súbita e a Dream Cream era figurinhas repetidas, fraquinhas…. Que deveriam ter zilhões de composto químicos maquiadores-de-cabelo, era o que eu pensava sobre elas.

Não vi resultado no uso da máscara DreamCream nos cabelos testados.

Todos os resultados de finalização de cabelos tratados com a máscara Morte Súbita foram ótimos, satisfez e foi além das expectativas.

Cabelos super macios, brilhosos, soltos, cheirosos…

Ficou muito lindo o resultado, a máscara me surpreendeu, pois já tenho usando a Milagre e a DreamCream e não gostei não. Não comprarei novamente. Estava desacreditada  e achava que era apenas mais uma.

Super recomendo para as cacheadas ou cabelos necessitando desesperadamente de reposição de água.

***Resultado imediato. Manterei sempre em estoque para essas emergências. ***

O que diz o produto:

Com produtos variados, desenvolvidos com alta tecnologia, a marca Lola já conquistou clientes em todo o Brasil. Um de seus itens de hidratação profunda é a máscara Super Hidratante Morte Súbita, ideal para cabelos secos e danificados por processos químicos.

Esse incrível tratamento contém em sua fórmula diversos ingredientes que restauram a beleza e a saúde das madeixas. Um deles é a creatina, que auxilia na reposição da umidade e propicia brilho e resistência aos fios. Outro ativo altamente hidratante é o pantenol, e há ainda o phytantriol, que protege contra o calor e evita o frizz. A máscara apresenta também outros elementos capazes de aumentar a maciez dos fios. Entre eles, óleo de coco, proteína hidrolisada e aloe vera.

Ainda na linha Morte Súbita, a Lola Cosmétics criou recentemente o shampoo em pasta que contém grânulos de açúcar para esfoliar o couro cabeludo e hidratar ao mesmo tempo. E um spray de reparação imediata que promete recuperar e evitar imediatamente que os fios emborrachem.

Ainda não testei o shampoo e o spray  mas acredito que eles não sejam diferentes da máscara. Devem ser deliciosos.

As máscaras são vendidas em dois tamanhos diferentes.

O menor com 450 gramas que custa R$70 ou o maior com 1 kilo que custa de R$100 a R$120 reais.

Lembrando que: Se o seu cabelo não necessitar do que você esta dando pra ele, a tendência é gerar um efeito reverso e a substancia excessiva comece a fazer mal para os fios. Ou seja, se seu cabelo não precisa de hidratação, pode ser a melhor máscara do mercado, com tecnologia japonesa, não contribuirá em nada para a saúde dos fios e não haverá bom resultado pois uma coisa não substituí outra.

Beijos

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Meus TOP´s 5 Produtos para os Cabelos

Oi gente, escrevi nesse post (aqui) sobre meus 5 produtos indispensáveis para cuidados com o rosto e prometi começar uma sequencia de preferidos aqui no blog.
Hoje eu quero falar sobre meus 5 produtos amados – queridinhos – não vivo sem, para cuidados com os cabelos.
Quem me acompanha sabe que eu vivo numa luta para ter o cabelo perfeito – ou pelo menos chegar próximo a isso – fios bem cuidados, nutridos, com balanço, maleabilidade, corpo, movimento e por ai vai.. deve ser algum trauma com os bad hair day na infância.
Aqui estão minhas 5 indicações de bons produtos, testados e aprovados diversas vezes por mim – e pelas minhas cobaias de teste – que valem a pena investir e usar sem medo de ser feliz. 
Quero deixar bem claro que não ganho nada para indicar qualquer produto aqui.
1 – Óleo de reconstrução CHI – Ótimo substituto para o Moroccanoil. Deixa o cabelo soltinho, brilhoso e nutrido. Melhora o aspectos daquelas pontas espigadas. Já estou no segundo frasco e amo de paixão.

2 – Shampoo Silver Loreal – Melhor shampoo desamarelador do mundo. Não tem outro melhor.

3 – Creme de hidratação Ameixa do Boticário – Melhorar máscara hidratante nacional. Ótimo custo x beneficio. Deixa o cabelo soltinho e maleável. Perfeito para cabelos secos. Sempre recomendo as clientes e elas adoram!

4 – Máscara de tratamento Absolut Repair Loreal – Minha segunda máscara preferida do mundo, Reconstrói cabelos extremamente danificados, também ajuda em cabelos ressecados. Mas em cabelos normais, que não precise de um creme mega poderoso ele pesa nos fios!

5 – Máscara de tratamento Repair Rescue Schwarzkopf – A minha máscara preferida da vida, não vivo sem. Simplesmente perfeita. Depois que fiquei loira ela não sai de perto de mim. O cabelo derrete… fica forte e disciplinado. Minha favorita. Ótima para ser usada logo após mechas ou químicas.

Quando eu penso nos melhores produtos que eu já usei e indico sem medo do feedback, eu penso nesses cinco produtinhos que nunca podem faltar na minha prateleira. 
Não classifiquei por categorias nem nada do tipo, esses realmente fizeram valer a pena cada Real investido e cumprem bem o que prometem. Fazem o verdadeiro milagre esperado nos fios.
Ha Irene só produto importado?…
Eu realmente queria ter mais produtos nacionais e de fácil acesso para indicar aqui. Na lista só entrou apenas 1 produto nascional. Não, eu não sou rycah. Acontece que, quando eu comecei a testar produtos e pesquisar suas fórmulas ( por causa do cronograma capilar ) eu percebi que são raras as empresas que mantém a integridade dos seus componentes químicos. 
Oi? Como assim?
Todo mundo sabe como Parabenos, Petrolatos e afins são nocivos para a saúde dos fios e só saturam o cabelo… E quase não se acha produtos no mercado popular sem essas substâncias! Isso tudo para baratear o custo final ao consumidor e dar um resultado satisfatório – e ilusório – de qualidade.
Felizmente quando comecei a entender essas substâncias, resolvi aboli-las definitivamente da minha rotina. Leio cada componente nos rótulos dos produtos e rejeito mesmo!
Nos produtos mais elaborados – leia-se mais caros – existe todo um estudo por trás da fórmula, uma preocupação com a qualidade da matéria prima usada e lógico o resultado do verdadeiro tratamento.

Como eu disse antes, cada produto que entrou na lista foram testados em diversos graus de danos e em todos eles obtiveram resultados satisfatórios.

Espero que gostem! Beijos.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Recuperando cabelo elástico após descoloração

Nesses últimos tempos quem me acompanha nas redes sociais viu que eu descolori bastante meu cabelo. Sai do ombré hair dourado para o loiro perolado. Foram descoloridos 90% dos fios, tudo muito lindo.. até que veio o pós descoloração. Rá!
Na hora que foi feito o procedimento eu senti que o cabelo ficou levemente fragilizado, mas até então nada desesperador. Não escovei e deixei secar naturalmente pois no dia seguinte eu pretendia fazer uma reconstrução poderosa. Até ai tudo bem.
O problema começou no banho quando notei meu cabelo super elástico, parecia uma massa literalmente falando. Depois foi a queda, o cabelo começou a quebrar drasticamente, eu enlouqueci! Passei três máscaras seguidas e para pentear foi um sacrifício. Caiu muito, foi uma cena de terror. 
Como minha raiz é oleosa virou um drama porque preciso lavar os cabelos dia sim – dia não o que fragiliza ainda mais as pontas. Em cada lavagem tentei usar as máscaras mais potentes que eu tenho por aqui, mas não fazia o milagre de pelo menos acabar com o efeito chiclete.
Arrumando a bagunça da minha pia, achei várias coisinhas esquecidas mas que são ótimas para batizar máscaras e lembrei de algumas receitinhas que vi no grupo Cronograma Capilar  no Facebook. Então, por que não tentar? Pior não fica!

Dei uma de alquimista e fiz a seguinte mistura.
– 4 colheres de máscara reconstrutora ( usei da Amend ).
– 1 tampinha de Bepantol liquido.  
– 1 colher de sopa de mel puro.
– 1 colher de chá de óleo vegetal de abacate.
– 1 colher de chá de queratina liquida.
– cerca de 8 gotinhas de vitamina E.
Misturei tudo e passei nos cabelos SECOS prestando bastante atenção em não deixar nenhuma parte sem o creme. Deixei por 10 min e entrei no banho, lavei com o shampoo Mythic Oil 2x e passei outra máscara reconstrutora, nesse caso usei a Sebastian Penetraitt. 
Já sai do banho sentindo o cabelo menos poroso e sem elasticidade. Esperei secar bastante antes de pentear ( quando o cabelo está fragilizado e elástico ele fica mais sensível ao pentear e acaba quebrando, o indicado e deixar secar uns 70% para começar a pentear delicadamente ), usei de lave in o óleo reconstrutor CHI.
Gente, o cabelo era outro. O que eu não consegui com as reconstruções mais famosas eu consegui com esse ritual simples. 
Acho que usar a máscara batizada com a receitinha acima foi o grande coringa da questão. Os fios foram para lavagem já preparados para receber o shampoo e mais uma ótima reconstrução. 
O resultado foi imediato, os fios bem mais fortes e depois de secos ficaram macios e brilhantes. O elasticidade diminuiu em 80%.
Se você está com os fios elásticos e não sabe o que fazer, tente batizar sua própria máscara. Use o que você tem disponível e potencialize o efeito do seu creme.  Nessa receitinha você pode substituir o óleo de abacate por óleo de coco ou azeite extra virgem. O Bepantol liquido pode ser na versão em creme também… O importante é usar o bom senso e não saturar a máscara.

Como eu mencionei acho que o diferencial foi ter passado a mistura nos cabelos secos antes de lava-los.

Cabelos danificados por colorações são extremamente difíceis de recuperar e requer muito cuidado e dedicação. Mas tudo isso vale a pena antes de recorrer ao corte.

Beijos!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Creme de Umectação de Óleo de Oliva Lola Cosmetics Review

A Lola chegou encantando com suas propagandas fofas e produtos ótimos, conquistou espaço no nosso armário. Escrevi sobre meu kit Blond Sexy aqui.
Agora a empresa trás várias novidades bombásticas que prometem ser a salvação de qualquer cabelo sofrido!
Aqui no Recife eu ainda não encontrei os produtos a venda nas prateleiras, mas numa volta rápida em Maceió encontrei muita coisa da Lola no Park Shopping. Além das linhas tradicionais, tinha duas novidades disponíveis: o creme de umectação com óleo de oliva e o kit socorro. Todos dois foram inspirados nos tratamentos do bem conhecido cronograma capilar. 
Sobre o creme de umectação: sem silicones, parabenos, sulfatos e óleos minerais. Ou seja, livre de todos os vilões inimigos dos fios saudáveis. Perfeito para quem faz a técnica no-loo poo.

Testando…
As instruções ensinam 5 maneiras diferentes de aplicar o produto: com os cabelos higienizados e úmidos, aplicação noturna nos cabelos secos, como pré shampoo com pausa de até 2 horas, entre o shampoo e condicionador e como lave in. 
Eu já sou adepta a nutrição capilar com óleos vegetais, passo pela manhã nos fios secos e deixo durante o dia retirando a noite. Muita gente dorme com o óleo nos cabelos, o que é uma boa solução para quem não tem tempo de ficar esperando a pausa durante o dia, mas me incomoda dormir com a touca na cabeça. 
Estava ansiosa para usar o produto e o cabelo precisando de um help então usei como um creme de hidratação comum.
Lavei os cabelos 1x com shampoo transparente e 1x com shampoo estabilizador de PH. Em seguida passei o creme mecha por mecha e deixei 15 minutos com touca de alumínio.
Primeira característica desse creme: assim que você abre o pote é conquistada por um cheiro incrível. Gente, um creme super cheiroso. Pena não dá para senti-lo fechado, pois tenho certeza que muitas comprariam somente pelo cheiro.  
Não gostei da aplicação do produto. Achei que não rendeu e precisou de muito creme para que eu sentisse que todo o cabelo havia recebido bem a hidratação. 
O cabelo também não amoleceu, sabe quando você vai enluvando os fios e sente que o cabelo é hidratado instantaneamente? Não rolou. Não consegui puxar muito o cabelo pois mesmo com bastante creme ele continuou uma bucha.
No enxague notei que o cabelo não estava tão áspero, mas também não estava molinho.
Ai a grande surpresa… tirei o excesso de água com a toalha e dei algumas borrifadas do Uniq One, penteei e em seguida comecei a seca-lo. Quase morri quando o cabelo foi ficando pesado e grudento.
De uma hora para outra o cabelo ficou mega oleoso, pesado, grudento, com aspecto de sujo… saturado.
Heloo, o que eu fiz de errado? Será que era para retirar o creme com shampoo? Fiquei chocada com a lambança, mas como pensar em usar um shampoo após o creme se o cabelo não estava apresentando sinais de oleosidade, ao contrário, parecia crespo?
Fique decepcionada.
Se já foi preciso usar bastante creme com o cabelo molhado, imagina o método com os fios secos? O potinho vai render de 2 a 3 aplicações somente. 
Levando em consideração que um pote de óleo de coco extra virgem custa R$35 em média por 500 ml e um aceite de oliva extra virgem custa entre R$10 e R$15 reais por 200 ml o custo x beneficio do potinho não é dos melhores, ele custa R$55. 
Conclusão
Mesmo com o cheiro maravilhoso eu não compraria novamente o creme de umectação com óleo de oliva da Lola. Não gostei do resultado pesado e oleoso que deixou no meu cabelo e não acho que passar um shampoo para retirar o creme seja a solução pois o cabelo vai ficar crespo e difícil para pentear.  E como mencionei antes o produto não rende. 
O bom e velho vegetal puro ainda é a melhor opção para uma boa e digna umectação.
Outra observação que gostaria de fazer é sobre o poder dos óleos vegetais de tratar problemas no couro cabeludo. Não lembro se eu já comentei aqui, mas usar óleo para tratamento tanto na pele como nos cabelos não aumenta a oleosidade, claro que temos que tomar todo o cuidado para não deixar resíduos. O óleo de coco ( meu preferido ) por exemplo é um grande aliado contra problemas como caspa, fungos, inflamações… 
Beijos!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Como fazer uma Reconstrução Ácida nos cabelos

Para quem gosta de cuidar sempre dos cabelos e principalmente para quem usa muita química é necessário muita reconstrução para a saúde dos fios e antes de reconstruir você deve primeiro hidratar, não se esqueça desse detalhe. A Reconstrução Ácida reduz o pH dos fios selando as cutículas deixando-os protegidos.

O pH (potencial de hidrogênio) é fundamental para saber se um cabelo está ou não saudável, ele precisa estar próximo do pH natural que é entre 4,5 e 5,5; esse valor quer dizer que o fio de cabelo está saudável. Existem diversos fatores, principalmente na rotina da mulher, que alteram o pH dos cabelos tornando-os opacos, secos, extremamente danificados e sensibilizados. Os principais fatores são o sol, água do mar, poluição, secadores sem protetor térmico nos cabelos, escovas, prendedores, químicas em geral, estresse, desequilíbrio hormonal, dentre outros.

pH Alcalino – Abre as cutículas do cabelo.
pH Ácido – Fecha as cutículas do cabelo. 
Depois dessa breve explicação sobre pH, o importante é equilibra-lo deixando-os saudáveis. Para isso vamos aprender a fazer uma reconstrução ácida.

Para fazer a Reconstrução ácida você vai precisar de: 

– Shampoo de preferência transparente ou neutro
– Condicionador 
– Meia garrafa de vinagre de maçã
– Máscara reconstrutora 
– Máscara hidratante 
– Leave-in ou creme sem enxágüe, o leave-in é bom por não deixar o cabelo pesado e gorduroso como alguns cremes para pentear deixam.

Primeiro passo: Lavar os cabelos duas vezes com shampoo para limpar bem os fios.

Seguidamente misture meia xícara de vinagre de maçã em quatro xícaras de água, não utilize toda a mistura, reserve pelo menos uns 40% dessa mistura para realizar o ultimo passo. 

Aplique em toda a extensão dos fios, da raiz às pontas, sempre massageando bem. Deixe agindo por cinco minutos e depois enxágüe.

Segundo passo: Agora você deve passar nos cabelos uma máscara reconstrutora de sua preferência e deixar agir por mais dez minutinhos e depois pode enxaguar.

Terceiro passo: Nessa etapa você vai aplicar nos cabelos a sua máscara hidratante deixando agir por dez minutos também e enxaguando em seguida.

Quarto passo: Aplique o condicionador nos cabelos, enxágue muito bem retirando todo o produto, depois você vai aplicar um pouco da água com vinagre que você reservou no primeiro passo e deixe no cabelo.

Quinto passo: Distribua bem o leave-in ou o creme de pentear nos cabelos e deixe o cabelo secar naturalmente, nada de usar secador!

O processo da Reconstrução Ácida pode ser feito a cada quinze dias especialmente para cabelos muito danificados que passaram por diversos processos químicos.

Beijos!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Lola Sexy Blond Review

Tags: ,

Oi minha gente.
Hoje tem resenha capilar para loiras. 
Testei o kit Sexy Blond da Lola Cosmetics, linha de tratamento que promete prevenir o desbotamento de cabelos loiros.

Como eu disse, o kit é indicado para a prevenção do desbotamento da cor e não a corrige. Se você estiver com os fios amarelados e sua intenção for desamarelar, não vai funcionar. 

O kit é composto por três produtos: o shampoo ( 300 ml ), o condicionador ( 250 ml ) e o creme para pentear ( 250 ml ).
Sexy Blond Matizador ( PARA LOIRA FATAL ).
ATIVOS: Camomila que Ilumina e da brilho. Limão que proporciona limpeza profunda, clareamento natural e previne a queda capilar.
Protege o cabelo das ações térmicas e climáticas. Mantendo-o sempre liso, com brilho e maleabilidade. 


O meu cabelo tem uma tendência a ficar amarelado bem rápido e pelo menos uma vez por semana tenho que usar um matizador para quebrar um pouco esse tom horrível dos fios. Por isso estou investindo em produtos de uso diário que dê uma ajudinha com a pigmentação da cor. 
Comprei o Kit Sexy Blond porque pelo que vi em outras resenhas, os produtos da linha são bastante pigmentados na tonalidade azul, o que pela colorimetria é a cor que quebra o amarelo do cabelo. E também porque acho os produtos da Lola super fofos e estava morrendo de vontade de experimentar alguns produtinhos.

Creme para pentear – Shampoo – Condicionador
Bem, o kit em si não matiza os fios mesmo com essa pigmentação tão forte – não entendo – de inicio, achei que era a maneira que eu estava usando. Tentei retirar o máximo a umidade dos fios antes de aplicar o shampoo e condicionador, tentei deixar mais tempo agindo… mas não teve jeito. O clareamento é muito sutil, quase imperceptível. 
Porém, o shampoo não resseca os fios e limpa muito bem… já o condicionador é super hidratante e derrete no cabelo. O creme para pentear finaliza o condicionamento dos fios, deixando macios e maleáveis. 
Na minha opinião, os produtos podem ser usados diariamente sem medo de ressecamento. Talvez em cabelos com menor tendência ao amarelado ele funcione melhor para preservar a cor e até corrigi-la em alguns casos. O condicionador é super hidratante e cumpre bem o papel de selar as cutículas; o creme de pentear também se destaca por não pesar nos cabelos e deixa-los fáceis de pentear e bem macios. O cheiro é bem delicado e agradável.

Estou usando como produtos para manutenção diária – aqueles dias que só rola o shampoo e condicionador mesmo, sem nenhuma mascara ou produto qualquer – e amando.

No quesito custo x beneficio ele está super aprovado. O kit com os três produtos varia de R$ 35,00 a R$ 50,00.

Beijos. 

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Óleos vegetais e suas propriedades ( umectação capilar )

Como prometi no post sobre umectação indiana, segue uma lista com os principais óleos usados para umectação capilar.


Óleo de sésamo –  Ajuda a prevenir a calvície e a caspa. É bastante oleoso e indicado para cabelos secos. Este óleo é altamente antioxidante, rico em vitaminas e minerais, e tem propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antifúngicas.

Óleo de linhaça –  Rico em ácidos graxos e ômega 3 hidrata profundamente os cabelos. 

Óleo de amêndoa –  É ideal para cabelos secos e quebradiços, elimina o frizz e o volume.

Óleo de neem – O óleo de neem não é tão conhecido e, no entanto, tem propriedades muito potentes para a saúde do nosso cabelo. Este óleo contém esteróis vegetais e ácidos graxos essenciais, como o ômega 3, ômega 6 e ômega 9, assim como Azadirachtin, um limonoide que é especialmente benéfico como bactericida. O neem nos ajudará a tratar a secura, coceira, caspa, psoríase, queda de cabelo, piolhos etc.
Óleo Vegetal de abacate – Com alto teor de vitamina E, é antioxidante, inibe a formação de radicais livres e diminui o envelhecimento da pele. Estimula a síntese de colágeno, retardando o aparecimento de rugas. Reduz manchas e  quelóides. Atenua a desvitalização da pele e cabelos causados por desequilíbrio hormonal.
Óleo Vegetal de argan – O “ouro do Marrocos”. Potente ação anti-age. Composição única, protege a pele e os cabelos dos danos causados por radicais livres. Contém Esqualeno, componente da pele humana, sendo por isso facilmente absorvido. É um ultra-hidratante. Estimula a circulação do couro cabeludo, previne queda e repara o ressecamento dos cabelos. Dá brilho à pele e aos cabelos.
Óleo Vegetal de buriti – Rico em beta caroteno é um potente antioxidante. Estimula a produção de colágeno e elastina. Possui grande capacidade de nutrição e cicatrização celular, atua como um renovador natural da derme. Proporciona um toque sedoso à pele. Ideal para peles sensíveis. Usado pelos indígenas brasileiros para aliviar os efeitos desagradáveis da pele queimada pelo sol.
Óleo Vegetal de castanha – Emoliente e hidratante, rico em nutrientes como selênio e ácido oleico, substâncias essenciais nos processos de formação do tecido epitelial. Controla a desidratação da pele e cabelos deixando-os macios e brilhantes.
Óleo Vegetal de damasco – Rico em vitamina A, essencial para a vitalidade e beleza da pele. Usado pelas mulheres tibetanas para proteger o rosto dos efeitos nocivos do sol nas grandes altitudes. Extremamente fluido, penetra rapidamente a barreira cutânea tonificando e revitalizando a pele sem deixá-la oleosa. Surpreende quando usado frequentemente por reduzir manchas. É indicado para todos os tipos de pele, mas em especial para as desidratadas.
Óleo Vegetal de gergelim – Hidrata e rejuvenesce a pele. Trata pele seca, irritada e danificada, aumentando sua tonicidade e firmeza. Protege da ação de agentes exteriores como sol e vento. Excelente hidratante do couro cabeludo. Na medicina Ayurveda é usado no combate à inflamações articulares.
Óleo Vegetal de jojoba – Riquíssimo em vitamina E, costuma-se adicionar algumas gotas a outros óleos para evitar oxidação. Devido à sua rica constituição é indicado para todos os tipos de pele, inclusive as acneicas e inflamadas. Usado pelos indígenas norte-americanos  como protetor solar natural.
Óleo Vegetal de macaúba – Nutritivo, emoliente e de agradável aroma. Por seu excelente poder de absorção é recomendado para massagens e drenagem linfática. Indicado para peles sensíveis e delicadas.
Óleo Vegetal de pracaxi – Rico em vitamina E, anti-inflamatório e antisséptico natural, usado popularmente no tratamento de manchas escuras, acne, psoríase e controle de caspa, evitando a queda dos cabelos. Melhora a aparência de estrias já formadas e previne seu aparecimento na gestação e adolescência.
Óleo Vegetal de rosa mosqueta  – Mundialmente conhecido como regenerador da pele. Usado em tratamentos dermatológicos, na atenuação de cicatrizes, no envelhecimento precoce, em eczemas, psoríases, peles ressecadas, desvitalizadas e acneicas. Indica-se o uso diário para os cuidados faciais.
Óleo Vegetal de semente de uva – Combate o envelhecimento celular. Amacia e suaviza a pele, auxilia na recuperação da elasticidade dos tecidos e reduz edemas. Para todos os tipos de pele, inclusive acneicas. Indicado para Shantala: técnica de massagem para bebês.
Óleo de Cedro – Age como antiséptico, adstringente e normaliza a produção de sebo.

Óleo de Camomila – Hidrata o cabelo e proporciona brilho.

Óleo de Eucalipto – Poderoso antiséptico, e ajuda no tratamento da caspa.

Óleo de Jasmim – Utilizado pelo odor agradável.

Óleo de Lavanda  Auxilia no tratamento de coceiras e caspas no couro cabeludo.

Óleo de Limão – Refresca, revigora, melhora a elasticidade e livra o couro cabeludo de resíduos.

Óleo de Capim limão  Úteis para cabelos oleosos, desacelera a produção de óleo no couro cabeludo.

Óleo de Mirra – Úteis para cabelos secos e no tratamento de caspa.

Óleo de Laranja – Equilibra a produção de sebo.

Óleo de Patchuli  Utilizada no tratamento da caspa, principalmente de cabelos oleosos.

Óleo de Hortelã – Promove o crescimento do cabelo.

Óleo de Rosa – Suaviza o couro cabeludo e promove um cheiro agradável.

Óleo de alecrim – Promove o crescimento de cabelo e é eficaz no tratamento da caspa. NÃO É RECOMENDÁVEL PARA GESTANTES!

Óleo de Melaleuca (Tea Tree)  Antiséptico, normaliza a produção das glândulas sebáceas.

Óleo de Sândalo – Antiséptico, adstringente, anti-inflamatório, trata o couro cabeludo seco.

Óleo de Ylang-Ylang – Antiséptico, calmante, ajuda a controlar a produção de sebo e estimula o crescimento do cabelo.

Óleo de Semente de Damasco – Ótimo para cabelos secos, rico em ácidos graxos, oléico e linoléico, se espalha facilmente pela pele e cabelo.

Óleo de Rícino/Mamona – Age como um umectante, atraindo e retendo umidade para os cabelos.

Óleo de Jojoba – É semelhante ao sebo produzido no couro cabeludo, é um grande aliado para o crescimento capilar.

Óleo de Macadâmia – Age como um anti-inflamatório natural (talvez devido ao seu teor de ácido oleico). É viscoso e um ótimo hidratante capilar.

Óleo de Oliva Extra Virgem  É um ótimo condicionador para cabelos secos e ressecados e um controlador de caspa. Precisa ser 100% vegetal.

Óleo de Cártamo – Ajuda a hidratar, nutrir e reestruturar o cabelo.

Óleo de Coco  É muito eficaz no tratamento de coceiras e couro cabeludo sensíveis. Ele não obstrui os poros e é absorvido facilmente pela pele. Altamente recomendável para cabelos afro.

Óleo de Germe de Trigo  É rico em vitaminas A, D e E e é muito nutritivo para a pele.

Óleo de Cenoura  É rico em beta-caroteno, vitaminas A e E e provitamina A, equilibra a umidade da pele e hidrata os cabelos.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Umectação capilar ou banho de óleo indiano

Para quem ainda não conhece a técnica da umectação capilar, nada mais é que umedecer e enluvar os fios ao mesmo tempo que faz uma massagem no couro cabeludo com um óleo 100% vegetal. Quem segue o cronograma capilar, faz a umectação na fase de nutrição dos fios.

Mas porque usar óleo se existem cremes a base deles no mercado?
Aplicar o óleo puro e diretamente nos cabelos e couro cabeludo garante toda a integridade das suas propriedades, sem processamentos químicos. É um procedimento completamente natural!
Quais os benefícios de fazer umectação com óleos vegetais?
Repõe os nutrientes dos fios, realça o brilho, combate o ressecamento, frizz, caspa, queda, acelera o crescimento, entre outros.

Tenho cabelo oleoso, posso fazer? Não vai piorar a oleosidade?
Quem tem cabelos oleosos pode e deve fazer umectação capilar. O excesso de oleosidade e sebo acarreta vários outros problemas como a caspa, queda, coceira e impede o crescimento saudável. O óleo vegetal além de combater todos esses danos, ainda vai ajudar a equilibrar a própria produção de oleosidade no couro cabeludo.
E nos cabelos ressecados ou cacheado? Qual o resultado?
Os óleos hidratam os fios ressecados, nutrindo e dando maciez e brilho. Logo na primeira aplicação nota-se os efeitos da umectação; cabelos sem frizz e com volume controlado é um dos benefícios. Para cabelos muito danificados, recomenda-se fazer uma aplicação por semana para regenerar os fios secos e sem vida.
Como eu escolho o óleo correto pra mim?
Não existe óleo certo ou errado. O fundamental e ter a garantia que o produto usado é realmente de origem vegetal e natural; sem nenhum tipo de processamentos. Porém, uns tem propriedades diferentes de outros, como por exemplo: o óleo de ricino ou mamona é extremamente denso, por isso ele agiria com mais intensidade num cabelo extremamente ressecado. Já o óleo de coco ou o de semente de uva é mais leve e fino e é um poderoso aliado para tratamentos de problemas no couro cabeludo ( como a caspa ). Em outro post deixarei os óleos e suas propriedades.
Como eu devo fazer a umectação?
Esse é o assunto principal desse post. A maneira correta de fazer a umectação.

Antigamente, chamava-se a técnica de umectação capilar de banho de óleo. Quem nasceu de 1990 pra trás talvez lembre da mãe com os cabelos encharcados. Mas esse ritual é bem mais antigo e acredita-se ser o segredo dos cabelões das indianas. 
Primeiro você deve testar algumas diferentes maneiras para ver a qual seu cabelo se adéqua melhor. Algumas acham que aplicar o óleo nos cabelos sujos seja melhor que nos cabelos recém lavados, ou vice versa. Outras preferem nos cabelos úmidos, outras secos… Teste!
Depois de escolher um óleo de sua preferencia, comece espalhando-o nas mãos e massageado suavemente em todo o couro cabeludo até ter certeza que a pele foi totalmente umedecida. A massagem é o segredo! Não use as unhas nem movimentos bruscos, apenas massageie com as pontas dos dedos em diferentes direções por pelo menos 10 minutos e depois vá umedecendo e enluvando o comprimento e pontas do cabelo. O óleo deverá ficar no cabelo por no minimo 4 horas. Simples não é? Você também pode colocar uma touca plastica e uma de meia por cima e dormir com a umectação ( eu particularmente faço isso ).
Você sabia que essa técnica é usada até por homens na Índia e que é super comum as mulheres saírem na rua desfilando seus cabelos embebecidos em óleo? Essa tradição já dura milhares de gerações e é a responsável por cabelos longos e fortes!
Assistam esse vídeo para entenderem melhor como deve ser feita a massagem nos cabelos.

Passei o óleo, fiz a massagem, dei o tempo de pausa… e agora?
Primeiro lavar com um shampoo transparente ( mas não adstringente ou anti resíduos ). Eu gosto muito do shampoo Verbena do Boticário. Lavar uma ou duas vezes, o quanto você achar necessário para retirar todo o óleo do cabelo. Após usar um shampoo perolado e condicionador.
Não é importante passar outra máscara logo após que tira a umectação, mas também não é proibido. Melhora o resultado em cacheadas ou em cabelos ressecados que exigem um tratamento mais intenso.
Não faça escova nem chapinha no mesmo dia que fizer a umectação pois o resultado é reverso. Deixe o cabelo secar naturalmente.
Varie sempre entre os tipos de óleos, cada um tem uma propriedade especifica. Seu cabelo pode amar uns e odiar outros.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

0

Receita caseira da máscara Moroccanoil

Oi minha gente!
Últimos dias aqui no Emirados Árabes, não sei se fico feliz pois estou morrendo de saudades do bubuko e da minha casa ou se fico triste por deixar toda a mordomia que tenho aqui! Haha.  
Ano passado quando eu vim pra cá meu cabelo estava sem nenhum tipo de coloração, somente com a escova progressiva. Mas agora que descolori os fios para fazer ombré hair e trouxe um baixo arsenal de cuidados para trata-los, passo horas pesquisando – e comprando – novos produtos para reconstruí-los.
Numa dessas pesquisas encontrei no blog Clube do Cabelo a receita das máscaras Moroccanoil, aquelas que deixaram o óleo de Argan famoso e são bem carinhas!
Gente, chega até a parecer brincadeira a simplicidade da fórmula dessas máscaras! Não precisa ser nenhum cientista, químico ou seja lá o que for para conseguir o mesmo creme, muito mais potente e muito mais natural que o famoso. 
Vamos analisar a composição da máscara laranja.
– Óleo de Argan
– Óleo de Canola
– Manteiga de Karité ( butyrospermum parkii butter )
– Óleo de Pequi ( caryocar brasiliense fruit oil )
– Proteína Vegetal Hidrolisada 
O resto são conservantes, aromatizantes e outras químicas que não precisamos. Todos os ingredientes simples e fáceis de achar. 
Agora vamos a receita caseira para fazer nossa própria morocca turbinada e natural…
Ai está um creme muitos mais potente que o próprio original Moroccanoil ( esses mesmos componentes estão presentes na fórmula original com menos de 2 ml cada ) e o melhor, sem conservantes nem silicones!
A máscara de tampa marrom, que teoricamente seria a nutritiva, também não tem segredo.
** O creme branco das receitas pode ser o Yamasterol.
É só misturar tudo muito bem até ter certeza que todos os ingredientes se uniram e guardar num pote limpo e com tampa que deve ser mantido em local fresco e com pouca luz. Dura até 15 dias em temperatura ambiente e até 20 dias se guardado na geladeira.
Dá  pra contabilizar a economia dessa receitinha gente?! Fora salvar algumas Dilmas, um creme muito melhor que o industrializado para tratar os cabelos!
No coments. #Chocada.
Eu comprei os ingredientes no site Mundo dos Óleos, dica da própria blogueira Erika Nasch. 
Farei assim que possível e venho aqui mostrar o resultado.

*** Essa é uma mistura dos principais ativos da máscara Moroccanoil. De maneira alguma substitui a tecnologia do verdadeiro creme.

Beijos!

Compartilhe

Postado por:

Comentários

1

Tudo que você precisa saber sobre cabelos crespos

Tags: ,

É importante frisar que nem todos os cabelos danificados são iguais aos outros, por isso cada cabelo necessita de um cuidado diferente. Para começar o tratamento dos cabelos crespos danificados o mais recomendado é que esse tratamento comece de dentro para fora, por isso uma alimentação saudável pode te ajudar e muito na busca de cabelos crespos perfeitos.
Os alimentos que consumimos influenciam diretamente na saúde do cabelo afinal é da alimentação que tiramos as vitaminas e nutrientes para manter os cabelos sempre saudáveis. No mercado existem diversos produtos que ajudam na recuperação dos cabelos crespos danificados.
É normal os cabelos crespos ficarem quebradiços, pois como dito acima o couro cabeludo não consegue mandar a oleosidade natural ao longo do comprimento dos fios. O tratamento mais recomendado no caso dos cabelos crespos quebradiços é que os cuidados venham desde a lavagem, por isso é de extrema importância que os produtos utilizados sejam especiais para os cabelos crespos quebradiços.
Os cabelos crespos e secos necessitam de uma super hidratação, para que os mesmos não fiquem com um aspecto opaco e quebradiço, por isso o uso de máscaras hidratantes pelo menos 1 vez por semana é muito importante.

Compartilhe

Postado por:

Comentários

1
1 2 3 4